2010
08.22

Alimentação, higiene e sol merecem a atenção das mães

Chega o verão e o que mais as crianças querem é brincar na areia e tomar muito banho de mar e piscina. Mas com o divertimento também vêm as dúvidas que volta e meia preocupam os pais. O que fazer quando ocorrem problemas de pele? Qual a melhor alimentação nesta época do ano? Há fraldas indicadas para serem usadas na água? Essas e outras perguntas são respondidas pela dermatologista pediatra Ana Elisa Kiszewski Bau na entrevista a seguir.

Que alimentos devem ser evitados nesta época do ano?

Os alimentos de difícil digestão, como os que contêm alto teor de gorduras. Deve-se preferir uma alimentação rica em frutas e verduras e é muito importante tomar líquido durante todo o dia, pois o corpo perde muita água, principalmente pelo suor.

O que fazer se a criança comer areia?

A areia do nosso Litoral está frequentemente contaminada com bactérias e vermes. Por isso, a ingestão acidental de areia pode resultar em problemas intestinais e até verminose. Caso ocorra febre alta, prostração ou diarreia, o pediatra deve ser consultado.


Como evitar micoses?

Nas piscinas, as micoses poderão ser evitadas utilizando sandálias de borracha nas áreas de maior circulação de pessoas, assim como nos banheiros e nos vestiários. Também é aconselhável não compartilhar toalhas e roupas de banho. Na praia, além dos cuidados mencionados, é recomendável utilizar uma toalha ou esteira de palha sobre a areia antes de deitar ou sentar.

Como evitar a pele irritada?

A pele da criança pode apresentar irritações (áreas avermelhadas e coceira) durante o verão. As principais causas são o uso excessivo de sabonetes e xampus, o cloro das piscinas e o sol em excesso. Isso pode ser amenizado utilizando sabonete e xampu somente uma vez ao dia, um hidratante adequado após o banho e, claro, filtro solar. As brotoejas também são frequentes no verão e se devem ao suor excessivo. Banhos rápidos, seguido do uso de pasta d’água no local afetado, ajudam a controlar o problema.

A criança deve usar óculos escuros?

Os óculos com proteção ultravioleta deverão ser utilizados quando a exposição solar for mais frequente, o que em geral ocorre a partir dos dois anos. Os óculos ainda poderão ser necessários antes desta idade, quando houver indicação do oftalmologista.

Como proteger bem os pitocos do sol?

Exposição solar diária em horário adequado de 10 a 15 minutos é indicado para crianças menores de seis meses. A radiação ultravioleta é importante para a produção de vitamina D pelo corpo, que ajuda no equilíbrio do cálcio e evita uma doença chamada raquitismo. A partir dos seis meses, a ida ao sol deverá ser gradual e sempre utilizando filtro solar adequado, geralmente com fator de proteção 30, aplicado 30 minutos antes de ir à praia.

Ficar embaixo do guarda-sol o tempo todo engana. Mesmo sem estar diretamente exposto e utilizando filtro, é possível ter insolação. O horário para frequentar a piscina ou a praia, antes das 10h e depois das 16h, deve ser respeitado, assim como é indicado o aumento da ingestão de líquido e o uso de chapéu ou boné com aba larga e roupas leves. Também já está disponível no mercado guarda-sol com proteção ultravioleta.

Há fralda descartável para ser utilizada dentro da água?

Existe no mercado uma fralda apropriada para o uso no mar ou piscinas. Esta fralda não incha e não vaza, como ocorre com as fraldas comuns, e é preferível que os pais a utilizem quando a criança ainda não fala que está com vontade de ir ao banheiro.

É recomendável aproveitar o verão para tirar a fralda da criança, se ela tiver idade para isso? Por quê?

Os bebês se desenvolvem em tempos diferentes. Eles poderão deixar as fraldas entre os dois e os quatro anos, primeiro durante o dia e, depois, à noite. É melhor deixar que eles definam o momento em que isso vai acontecer. Por outro lado, é mais fácil que a criança consiga deixar as fraldas durante os meses de verão, uma vez que a quantidade de roupas é menor e é mais fácil de ela se despir.

Fonte: Melissa Hoffmann (ClickRBS)

Bookmark and Share

1 comentário até o momento

Incluia seu Comentário
  1. Excelente post. É sempre bom ressaltar os cuidados ao levar bebês ou crianças à praia, mas ao mesmo tempo incentivar o mesmo; É super saudável e bom para as crianças que se acostumem a brincar ao ar livre, tomar sol e praticarem esportes. Sempre levo meu filho de três anos pra praia e acho a coisa mais bonitinha vesti-lo com aquelas mini roupas de surf e bonézinho. Quando ele crescer espero que pegue gosto pelo esporte!

escola de surf, surf treino, campeonato, surfschool, praia mole, surf, surfing, floripasurfclub, floripa surf club, competicao, surf avancado, surfari, surf tours, suporte tecnico, carentes, consultoria, florianopolis, Surf School, surf training, championship, surfschool, soft beach, surf, surfing, floripasurfclub, Floripa Surf club, competition, surfing advanced, Surfari, surf tours, tech support, poor, consulting, standup, paddle

surfista surf escolinha onda aulas escola surfschool school floripa florianopolis SC Santa Catarina Brasil Brazil diversao prancha pranchas surfar fotos surfing board turismo esporte praia mole cursos lazer praias praia saude surf camp