Maresia Girls International WQS 2010

Coco Ho, 19 anos, foi a grande vencedora do Maresia Girls International WQS 2010, etapa seis estrelas do ranking de acesso do Circuito Mundial Feminino da Association of Surfing Professionals (ASP), que terminou nesta quinta-feira, na praia Mole, em Florianópolis (SC). Esta foi a segunda vitória consecutiva da havaiana em mares brasileiros. No último sábado, ela subiu no degrau mais alto do pódio da prova do WQS realizada em Salvador (BA).

Durante o evento a escola de surf Floripa Surf Club ministra aulas para os fãns do surf:

Na bateria decisiva, Coco Ho somou 9.50 pontos em 20 possíveis e não deu chances à francesa Pauline Ado, que obteve 8.60. Pela vitória, a competidora do Havaí faturou US$ 4.500,00 (cerca de R$ 7.800,00) e 3.000 pontos na tabela de classificação, que a coloca na sexta posição no ranking de acesso da ASP. “O Brasil já se tornou um lugar muito especial para mim”, disse a filha e sobrinha, respectivamente, dos lendários surfistas Michael e Derek Ho, este último campeão mundial de 1993.

Pauline Ado, 19 anos, também tem motivos de sobra para comemorar, já que a segunda colocação fez com que ela subisse da 13º para o quinto lugar na classificação geral do WQS. “Foi um resultado importante para me classificar para elite (WT) em 2011. Adorei ter competido aqui, em uma praia com fundo de areia, que propicia que a gente experimente manobras diferentes. Sem falar que o campeonato foi muito legal”, declarou a francesa.

A cearense Silvana Lima, 25 anos, depois de vencer a norte-americana Sage Erickson nas quartas-de-final, não conseguiu a mesma sorte nas semifinais e acabou sendo derrotada por Pauline Ado. “O mar estava muito difícil e eu acabei ficando 25, dos 30 minutos da bateria, sem pegar nenhuma onda. Isso acontece, faz parte da competição”, comentou a vice-campeã mundial de 2009 e terceira colocada no ranking deste ano da ASP.

Jacqueline Silva, 33 anos, também ganhou nas quartas-de-final e foi eliminada nas semifinais. No primeiro confronto do dia, a catarinense superou a paraibana Diana Cristina, tetracampeã sul-americana Pro Júnior (Sub-20). Mas não conseguiu repetir a mesma performance diante de Coco Ho e ficou fora da bateria decisiva. “Tive dificuldades na escolha das ondas, mas esta colocação foi fundamental na minha luta para voltar à elite do surfe mundial”, explicou.

A “local” da praia Mole – mora na vizinha Barra da Lagoa – disse que, apesar da derrota para a havaiana diante da torcida, saiu da água com a sensação de dever cumprido. Com a terceira colocação na praia Mole, ela subiu do nono para o sétimo lugar no ranking de acesso da ASP e ficou a uma posição de entrar na lista das seis atletas que se classificam para a divisão da elite no ano que vem – a definição acontece na última etapa, em novembro, no Havaí. “Claro que queria ter ido para a final, mas estou muito feliz com este resultado em casa”, finalizou Jacqueline Silva.

Sul-americano – O Maresia Girls International WQS 2010 definiu a campeã sul-americana de 2010. A quinta colocação na etapa acabou dando o título para Anali Gomez. Após ser derrotada por Coco Ho nas quartas-de-final, a peruana ficou na área reservada aos atletas, ao lado de suas compatriotas, torcendo para que Jacqueline Silva e Silvana Lima não avançassem para a final. A corrente deu certo. “Nem sabia que poderia sair daqui campeã. É claro que estou feliz com este título que vou levar para o meu país”,

Homologado pela ASP South America, o Maresia Girls International WQS 2010 teve o patrocínio da marca de moda surfe genuinamente brasileira Maresia e foi uma realização da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Salva Surf Brasil, Federação Catarinense de Surf e Associação de Surf da Praia Mole.

Os apoiadores foram Praia Mole Eco Village, Jamaica Surf Shop, Tent Beach, Aloha Surf Shop, Overboard, Planeta Surf, Ecológica, Surf Trip, Sumatra, Bahamas Surf Shop, Bali, New Look Surfwear, Fissura Moda Surfwear e Mabuya. A divulgação é das revistas Fluir, Surfar e Solto, do portal Waves, do Jornal Drop e do canal de TV Woohoo.

Baterias desta quinta-feira

Quartas-de-final
Pauline Ado (FRA) 8.53 x 8.33 Laura Enever (AUS)
Silvana Lima (BRA-CE) 7.84 x 5.80 Sage Erickson (EUA)
Coco Ho (HAV) 12.34 x 4.87 Anali Gomez (PER)
Jacqueline Silva (BRA-SC) 8.83 x 5.60 Diana Cristina (BRA-PB)

Semifinais
Pauline Ado (FRA) 6.24 x 6.03 Silvana Lima (BRA-CE)
Coco Ho (HAV) 12.66 x 5.63 Jacqueline Silva (BRA-SC)

Final
Coco Ho (HAV) 9.50 x 8.60 Pauline Ado (FRA)

Classificação da etapa
1ª Coco Ho (HAV)
2ª Pauline Ado (FRA)
3ª Silvana Lima (BRA-CE), Jacqueline Silva (BRA-SC)
5ª Laura Enever (AUS), Sage Erickson (EUA), Anali Gomez (PER), Diana Cristina (BRA-PB)

Ranking de acesso
1ª Sally Fitzgibbons (AUS), 12.120 pontos
2ª Laura Enever (AUS), 11.520
3ª Courtney Conlogue (EUA), 10.920
4ª Tyler Wright (AUS), 10.320
5ª Pauline Ado (FRA), 9.600
6ª Coco Ho (HAV), 9.520
7ª Jacqueline Silva (BRA-SC), 9.480
8ª Claire Bevilacqua (AUS), 9.240
9ª Alana Blanchard (HAV), 8.880
10ª Cannelle Bulard (FRA), 8.760

Ranking Sul-Americano (final)
1ª Anali Gomez (PER), 2.968 pontos
2ª Silvana Lima (BRA-CE), Jacqueline Silva (BRA-SC), 2.660
3ª Gabriela Leite (BRA-SC), Bruna Schmitz (BRA-PR), Diana Cristina (BRA-PB), 2.530

Por: Roberto Pierantoni (ZDL COMUNICAÇÃO)
Fonte: http://www.maresia.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *