Últimas SurfGuru

Surfguru
Júlia Duarte faz a maior nota no Brasileiro de Surf Feminino
Garantida em 3 semifinais, Júlia Duarte segue surfando bem no sábado e faz a maior nota do Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino.
Surfista e Deputado, Eduardo Bolsonaro prestigia o Brasileiro de Surf Feminino
Deputado federal mais votado da história do País, Eduardo Bolsonaro é surfista e prestigia o Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino
Destaques do sábado no Brasileiro de Surf Feminino 2018
Previsão de águas rasas para Itamambuca – SPA carioca Júlia Duarte foi o grande nome deste sábado , no segundo dia do Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino, na Praia de Itamambuca, em Ubatuba. A surfista de 16 anos garantiu a maior nota do evento até agora, 9,67, “abusando” das manobras de back side na estreia da categoria sub16. Depois, no round seguinte, voltou a surfar bem, para garantir um 9,10 e se classificar para a sua terceira semifinal .A atleta do Instituto Gabriel Medina e que atualmente mora em Maresias, São Sebastião, quer fazer história, empolgada com suas boas performances. “Eu sempre fui muito boa de back side, porque eu vi do Canto do Recreio e só é direita. Aqui é bem parecido”, contou, revelando surpresa em estar em três semifinais. “Eu queria muito chegar bem nas três, mas não esperava”, falou. “Quero chegar nas três finais e levar os troféus, porque quando encaixo as manobras, eu embalo”, anunciou a atleta, que é a atual líder do ranking brasileiro amador na sub18 e terceira na sub16.A competição segue neste domingo, a partir das 8 horas, com as finais, definindo os títulos brasileiros nas categorias profissional e pro júnior, novidade no evento, realizado há quatro anos, e com transmissão ao vivo pela internet, no link http://www.fpsurf.com.br/eventos/18/fem/fem01/aovivo3.php. Neste sábado, as disputas ficaram concentradas nas categorias de base e no longboard profissional.Além de Julinha, Sophia Medina e Nairê Marquez se sobressaíram. As duas também foram bem em três categorias. Sophia, que foi campeã sub12 em 2017, garantiu vaga na final sub14 e está na semi da sub16 e da pro júnior. “Eu esperava ir bem na minha categoria. E queria ir bem nas outras. Eu sempre confio e tenho fé, mas sabia que não ia ser fácil”, falou Sophia.“Graças a Deus consegui passar as três e estou feliz porque é o meu primeiro pro júnior e já estar na semifinal estou muito feliz. Agora vou tentar ir para a final”, disse a surfista, destacando o apoio dos pais na praia, Charles, também técnico de Gabriel Medina, e Simone. “Eles dão uma força, na torcida, nas dicas e tem a galera do Instituto também. Muito legal”, comentou.Nairê já está em duas finais, na sub12 e na sub14, onde defende o título do evento, além da semi da pro júnior. Outras duas atletas que surfaram muito bem neste sábado e também já estavam classificadas na pro júnior foram Maju Freitas e Isabela Saldanha, ambas na sub16 e que ano passado foram campeã e vice nessa mesma faixa etária, com Julia Duarte em terceiro. Sophia Gonçalves é outro destaque, com duas finais, na sub12 e sub14. Já nos pranchões, destaque para Thiara Mandelli e Mainá Thompson, que também brilharam em 2017.O Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino tem os patrocínios da Wizard by Pearson, Perfect Waves, Uba Surf Motors, Atmosfera Incorporadora, Roxy, Hotel São Charbel e Alma Salgada. Apoios: Prefeitura Municipal de Ubatuba, Quiksilver, Padoca Itamambuca, EAB Imóveis, Escola de Surf Suelen Naraisa, Mini Kalzone, Adrenalina, Quiosque da Tia Albertina, Tape Brasil, Varejão Santa Rita, Marinho Grelhados e Sushi, Equiptecnica Produções, Gigi Watery, Mar Cenário Móveis e decoração, Silva Indaiá Supermercado. Colaboração: Tio Sam Restaurante e Pizzaria, Digital Brasil, Sergio Nery Fisioterapia e Fit Camp. Divulgação: Woohoo, FMA Notícias, Adventure Tv e C Nunes Productions. Gerenciamento técnico: Associação Ubatuba de Surf , Abrasp e Federação Paulista de Surf.
Sinal verde em Jaws
Com uma previsão épica, o Jaws Challenge, segunda etapa do Big Wave Tour, deve acontecer nesta segunda-feira em Jaws, Maui, Havaí.
1º dia do Brasileiro Feminino é marcado por surpresas e alto nível em Ubatuba
Primeiro dia do Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino é marcado por surpresas e alto nível técnico em Ubatuba.
Instituto Gabriel Medina terá 6 atletas no Brasileiro de Surf Feminino em Ubatuba
Com Sophia Medina como destaque, Instituto Gabriel Medina terá 6 atletas no Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino, em Ubatuba.
Conheça a SurfSkate Model H.Lelot
Pode escrever: a incrível Surfskate vai ser a prancha dos seus sonhos.
Profissionais abrem o Brasileiro de Surf Feminino 2018 em Ubatuba
Com o título nacional de 2018 em jogo, a categoria profissional abrirá o Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino, nesta sexta-feira , na Praia de Itamambuca, em Ubatuba.
Surf Talentos Oceano fecha o Circuito Catarinense 2018
Um dos maiores Circuitos de Surfe do Brasil, o Circuito Surf Talentos Oceano, apresentado pela Rede Mini Kalzone, fechará o ano de 2018 com chave de ouro em uma das mais tradicionais praias do surfe competitivo nacional.
Renan Pulga é um dos destaques no Brasileiro Pro Júnior em Peruíbe
Terceiro no ranking da WSL South America, Renan Pulga é um dos destaques confirmados no TNT Energy Drink apresenta Pulse Pro Júnior 18, em Peruíbe.
Tainá Hinckel quer vitória no Brasileiro de Surf Feminino em Ubatuba
Apontada como um dos fenômenos do surf brasileiro, a catarinense Tainá Hinckel é um dos grandes destaques confirmados no Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino, a partir desta sexta-feira , na Praia de Itamambuca, em Ubatuba.
Última etapa do Municipal de Surf 2018 em Caraguatatuba
A ASC abre a janela de espera de ondas para a 3ª e última etapa do Municipal de Surf em Caraguatatuba 2018 dia 26 de Novembro.
Surfguru avisou e Noronha bombou
Fotos por Michele Roth, Marcelo Freire, Alexandre Alessy e Marco Ashmalz.Mais um swell épico anunciado com 15 dias de antecedência nos gráficos do Surfguru PRO chegou a Noronha e tem feito a alegria de surfistas e fotógrafos desde ontem, 20/11/18.Na Cacimba do Padre algumas séries chegaram a 15 pés nesta Terça-Feira, os surfistas Stephan Figueiredo, Uka Dantas, Buday Santos, Brayner, Tuba, Victor Dutra, Casimiro, Valderez Santos e Cuca Souza enfrentaram as bombas da Cacimba e deram um show de big surf! Confira o relato de Stephan Figueiredo para o Surfguru sobre a Terça-Feira, 20/11, em Noronha:Esse swell de Norte-Noroeste, que começou a ganhar força e energia no Atlântico Norte, deixou vários estragos ao atingir as Ilhas Canárias no dia 18 e chegou com força total no Arquipélago de Fernando de Noronha ontem, dia 20, proporcionando um show de surf em vários picos da ilha.Período do swell de Norte-Noroeste chegou a 20 Segundos. Dia 20/11/18:E as ondas não param, as previsões do Surfguru mostram que até Sexta-Feira ainda vai ter muita onda boa em Noronha. Seja um Surfguru PRO: https://www.surfguru.com.br/pro
I Prime Surf Master Nordeste 2018
A ASMPE com a TORQUE construções apresentam o 1° ROTATOR BLANKS PRIME SURF MASTER NORDESTE 2018, a ser realizado nos dias 1 a 2 de Dezembro de 2018, na Praia do Cupe, Borete, Porto de Galinhas – PE.
Guilherme Silva é favorito em mais uma decisão em Maresias
Atual campeão brasileiro e paulista universitário de surf, Guilherme Silva é o favorito em mais uma decisão da categoria, na Praia de Maresias.
Secretário de Esportes ressalta importância do Brasileiro Feminino em Ubatuba
Secretário de Esportes de Ubatuba, Alberto Jacob, ressalta a importância do Wiggolly Dantas apresenta Wizard Brasileiro de Surf Feminino na Cidade.
Final do Grand Master Tour 2018 agitou o meio da Atalaia
Amizade, risadas, confraternização e competição. Este foi o clima da última etapa do circuito Grand Master Tour 2018, que aconteceu no domingo , no meio da Atalaia, em Itajaí. Os dinossauros do surf catarinense deram um show de surf nas boas ondas.
Pedro Calado – Puerto School de Tubo
Festival de Remada reúne gerações em Noronha
O festival de Remada de Noronha aconteceu dia 10/11 com o percurso no Porto de Santo Antônio.
Deivid Silva confirma vaga no CT e Mateus Herdy entra no G-10 em Haleiwa
Os dois decidiram o título do QS 10000 Hawaiian Pro vencido pelo experiente Joel Parkinson e Mateus conseguiu o vice-campeonato que precisava para ganhar a disputada última vaga do QS.

Atividades na rede…

Fotos da publicação de Floripa Surf Club - Surf School

Praia Mole sempre um show a parte!

20 likes, 0 comments4 hours ago

Crianças felizes #surfandonasondasdefloripa ! Fecasurf Federação Catarinense SurfGuru Brasil @vhfilms Acproducoes @floripasurfcluboficial

13 likes, 0 comments2 days ago

New video by Graziella Maridakis Risso

Memórias, momentos especiais do Surf Club. A partir de 22/Dez, todos os dias das 9h às 19h. Summer 19 Selina Praia Mole.

18 likes, 0 comments5 days ago

Maresias ontem… Foto enviada por um brother!

26 likes, 1 comments1 week ago

Escolas de Surf

Aula prática do curso para Orientador de Surf. Hj na Barra da Lagoa.

11 likes, 0 comments1 week ago

Médicos “receitam” surf no lugar de medicamentos

Floripa Surf Club e NickelodeonTVMédicos “receitam” surf no lugar de medicamentos para o tratamento de enfermidades.

Um projeto-piloto liderado por 20 médicos na cidade de Biarritiz, no litoral francês, prescreve aos seus pacientes atividades esportivas ao ar livre, como o surf, no lugar de medicamentos tradicionais para o tratamento de algumas enfermidades.

A iniciativa pretende melhor a qualidade de vida dos pacientes e reduzir a dependência do uso de drogas no tratamento médico. Os médicos “receitam” cursos de até 12 semanas em diferentes modalidades: surf, stand-up paddle, natação, caminhada, entre outros.

A escolha da atividade física varia de acordo com a doença, a gravidade e as condições dos pacientes.
Nicolas Guillet, um dos idealizadores do tratamento alternativo, assegura que em seis meses já é possível notar alguma diferença. Ele lembra também que muitos pacientes não abandonam a atividade física mesmo depois do fim do tratamento.

Um desses pacientes é uma senhora de 40 anos que sofria com intensas dores nas costas e já tinha passado por uma cirurgia dez anos atrás. Os médicos indicaram para ela aulas de stand-up paddle e, seis meses depois, as dores quase desapareceram por completo.

No caso de esportes praticados no mar, especialistas dizem que o contato com a água é “incrivelmente terapêutico” e pode ajudar a combater dores crônicas, depressão, diabetes, obesidade, doenças cardíacas e evitar uma série de mortes causadas pelo sedentarismo.

Fonte: The Telegraph